INTRODUÇÃO

Reconhecendo a importância do empreendedorismo na promoção da inovação e da competitividade, o Governo Regional dos Açores tem vindo a implementar nos últimos anos um conjunto de iniciativas orientadas para o fomento da atividade empreendedora, onde se inclui o Programa Educação Empreendedora, o Concurso Regional de Empreendedorismo, a Rede de Gabinetes do Empreendedor, o Empreende Jovem – Sistema de Apoio ao Empreendedorismo Jovem e o Plano Estratégico para o Fomento do Empreendedorismo na Região Autónoma dos Açores 2012-2016.

Adicionalmente, no sentido de se afirmar cada vez mais como um parceiro ativo nos domínios supra-referidos, reforçando assim o crescimento e o emprego, a Região está integrada na Plataforma S3 (Smart Specialization Strategies), no quadro da Estratégia “Europa 2020”.

Com uma estratégia delineada e com um conjunto alargado de iniciativas já implementadas no terreno, importa estabelecer uma base de informação rigorosa sobre a evolução da atividade empreendedora na Região, associada a indicadores que permitam comparações abrangentes.













GEM AÇORES

O GEM AÇORES 2012 constitui-se como a avaliação de referência do empreendedorismo nesta Região Autónoma. Dando sequência aos trabalhos realizados em 2010, este projeto permitirá identificar o nível, características e fatores potenciadores do empreendedorismo na Região, pretendendo-se que desempenhe um papel relevante na definição de políticas, estratégias e iniciativas nesta área.

O GEM Açores 2012 envolve uma pesquisa dos fatores impulsionadores do empreendedorismo, organizados em 9 condições estruturantes:


Apoio Financeiro

Politicas Governamentais

Educação e Formação

Transferência de Resultados de Investigação & Desenvolvimento

Infra-estrutura Comercial e Profissional

Abertura do Mercado Interno

Acesso a Infra-estruturas Físicas

Normas Sociais e Culturais







METODOLOGIA

NA metodologia para a recolha de informação no âmbito do projecto GEM Açores 2012 integra as seguintes fontes de informação:

  • Questionários diretos e pessoais a 1.000 indivíduos adultos residentes nos Açores;

  • Entrevistas a um conjunto alargado de especialistas ligados ao empreendedorismo nos Açores, considerando as 9 condições estruturantes;

  • Análise de fontes de informação internacionais, incluindo relatórios do GEM, do Banco Mundial, do Fórum Económico Mundial, do Fundo Monetário Internacional, da OCDE e das Nações Unidas.

O GEM é o maior estudo de empreendedorismo a nível mundial.







PARCEIROS

NONAGON
www.nonagon.pt

O Nonagon - Parque de Ciência e Tecnologia de S. Miguel, ainda em construção, pretende assumir um papel de destaque no desenvolvimento local e regional, através da dinamização da ciência, tecnologia e inovação. O Parque prevê a existência de estruturas destinadas a facilitar a criação e o crescimento de empresas baseadas na inovação, apresentando espaços de qualidade e serviços de elevado valor acrescentado.




SPI Açores
www.spi-acores.pt

A Sociedade Portuguesa de Inovação (SPI) é uma empresa de consultadoria que se constitui como um nó ativo de redes nacionais e internacionais ligadas à inovação e ao empreendedorismo. Para além de atuar nos Açores, através da SPI Açores, a empresa conta com escritórios em vários países, apresentando uma equipa de mais de 60 consultores de 10 nacionalidades diferentes.




Governo Regional dos Açores
www.azores.gov.pt

Em linha com a promoção da atividade empreendedora que tem vindo a ter lugar na Região Autónoma dos Açores, associada agora ao desenvolvimento de uma estratégia de desenvolvimento inteligente no âmbito do futuro quadro comunitário de apoio, o Governo Regional dos Açores considera essencial continuar a acompanhar a evolução do empreendedorismo na Região, assim como o impacto das iniciativas implementadas.